Digite sua busca e aperte enter


Brasil 4D foi lançado na casa de Dona Vilma, moradora de Samambaia (DF)

Imagem:

Compartilhar:

EBC concorre ao prêmio Frida 2014 com Projeto Brasil 4D de interação TV Digital

Criado em 14/05/14 15h50 e atualizado em 14/05/14 19h27
Por Portal EBC

voto brasil 4d
O Prêmio Frida incentiva projetos de inovação em Tecnologias da Comunicação e Informação (TIC)

O Projeto Brasil 4D, de interatividade por meio da televisão digital, concorre ao Prêmio Frida 2014 promovido pelo Fundo Regional para a Inovação Digital na América Latina e no Caribe. Coordenado e criado pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC), o Brasil 4D oferece serviços públicos pela tevê para a população de baixa renda sem nenhum tipo de gasto ao cidadão.

Para votar na iniciativa da EBC, é preciso entrar aqui e clicar na opção votar. O Prêmio Frida incentiva projetos de inovação em Tecnologias da Comunicação e Informação e a EBC concorre na categoria que concorre na categoria "Creación y desarrollo de capacidades y contenidos para el Desarrollo Humano Sostenible" (Criação e desenvolvimento de potencialidades e conteúdos para o desenvolvimento humano sustantável).

Já testado em João Pessoa e no Distrito Federal, a iniciativa pioneira permite que a população tenha acesso a informações sobre emprego, seguro desemprego e direitos da mulher, serviços de saúde, benefícios sociais, seguridade social, bancários, além de oferecer cursos de formação à distância.

Leia também:

Como foi o projeto Brasil 4D na Paraíba

Apartamentos do Minha Casa, Minha Vida são entregues com tecnologia Brasil 4D

Sobre o Brasil 4D

O Brasil 4D reúne, com a utilização da tecnologia Ginga, as principais diretrizes de políticas públicas de governos para as esferas federal, estaduais e municipais, convertendo-as em conteúdos audiovisuais e aplicativos que permitem o acesso do cidadão às informações acerca dos serviços disponibilizados.

As quatro letras “D”, contidas na nomenclatura Brasil 4D, resumem e representam a missão do projeto:

Digital - universalização da televisão digital e de suas potencialidades, de acordo com o decreto nº 5.820/2006, que estabeleceu as regras para implantação do Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre. A televisão digital permite o acesso da população,  em canal aberto e gratuito, não apenas ao conteúdo das emissoras, mas também à internet (músicas, jogos, programas de software, jornais e filmes) e a seus múltiplos usos, de forma interativa, com a oferta de múltiplos canais;

Desenvolvimento com novas tecnologias de informação, promovendo a pesquisa, que gera mudança de realidade e impulsiona a sociedade do conhecimento;

Diversidade, uma vez que, com a televisão digital em todo o país, será possível ver e estimular a diversidade brasileira, com seus diferentes sotaques e culturas;

Democracia, com a participação maior dos cidadãos nos conteúdos e serviços oferecidos pelo poder público, por meio da interatividade da TV Digital.

Assista ao vídeo:

Creative Commons - CC BY 3.0 -
Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário