X

Digite sua busca e aperte enter


Disco de Vinil

Imagem:

Compartilhar:

Conheça lista dos melhores álbuns de 2015 | PComBr | Ano 03 #35

Criado em 04/01/16 18h21 e atualizado em 05/01/16 19h49
Por Portal EBC

Ano novo, vida nova, mas o primeiro Ponto com ponto br do ano tem um pé em 2015. O programa desta segunda-feira (4) conversou com Marcos Xi, do blog Rock Inpress, sobre a lista dos melhores álbuns do ano elaborada pelo site, que é especialista em música independente. A lista foi feita em parceria com o Brasileiríssimos, que participa do programa e detalha a lista. A apresentadora Amanda  Cieglinski também falou com um dos desenvolvedores do app Fruit Map, que permite localizar árvores frutíferas em Brasília.

7'12" Adarley Júnior fala sobre o aplicativo Fruit Map

Segundo o desenvolvedor, a ideia do app, que é colaborativo, era reaproximar o brasiliense da natureza da cidade. "A gente percebeu que existe uma infinidade de frutas disponíveis, e muitas vezes não percebemos que elas estão do nosso lado", comenta. A ideia agora é expandir o programa para outras cidades.

27'40" Marcos Xi, do site Rock Inpress, comenta os melhores álbuns de 2015

Um dos destaques do ano foi o duo alagoano Figueroas, que foi considerado a revelação do ano. O álbum Lambada Quente é o segundo melhor do ano na opinião de Marcos, e a música Bicho que Calor aparece na 18ª posição entre as mais bem cotadas pelo produtor. "Tem muita coisa nova e boa acontecendo, e o Figueroas é uma delas", afirma. A dupla country de Tocantins Ana Vitória e Lineker são outros destaques do ano. Confira a lista completa aqui.

 

Músicas do programa

2'53" Maglore - Mantra - III

12'24" Figueroas - Bicho que Calor

18'05" Liniker - Caeu - Cru

22'28" Pélico - Você Pensa que me Engana - Euforia

35'28" Elza Soares - Maria da Vila Matilde - A Mulher do Fim do Mundo

53' Emecida - Mufete - Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa

 

Ouça o programa na íntegra:

Creative Commons - CC BY 3.0 - ponto com ponto br 04 01 2016

 

Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário