Digite sua busca e aperte enter


Manifestantes acampam em frente à casa de Sérgio Cabral, governador do Rio

Imagem:

Compartilhar:

Sérgio Cabral se reúne com manifestantes que estão acampados em frente a sua casa

Criado em 27/06/13 17h00 e atualizado em 27/06/13 17h30
Por Agência Brasil Edição:Fábio Massalli

Rio de Janeiro - O governador Sérgio Cabral se reuniu por cerca de uma hora e meia no início da tarde de hoje (27) com cinco integrantes do grupo de manifestantes que desde a última sexta-feira (24) está acampado em frente à sua casa no Leblon, zona sul do Rio. O encontro ocorreu no Palácio Guanabara, sede do governo do estado, na zona sul da cidade. Também participaram da reunião os secretários de Governo, Wilson Carlos, da Educação; Wilson Risolia, da Saúde; Sérgio Côrtes, além do subsecretário de Gestão de Ensino, Antonio Neto.

Após o encontro, um dos integrantes do grupo nomeado Somos Brasil, Eduardo Oliveira, informou que os manifestantes que participaram da reunião não fazem mais parte do grupo que permanece acampado perto da casa do governador. Na reunião, o grupo pediu mais segurança ao governador durante os protestos.

Confira imagens dos manifestantes acampados em frente à casa de Sérgio Cabral

Em seguida, outros quatro manifestantes, que disseram ser do grupo Ocupa Cabral, chegaram ao Palácio Guanabara e afirmaram que as pessoas que participaram da reunião com Cabral não representavam a vontade daqueles que permanecem acampados. Segundo o porta-voz dos manifestantes, Bruno Cintra, de 23 anos, o grupo que participou da reunião são "aproveitadores e podem ser de qualquer outra liderança política".

"Nós vamos continuar acampados e estamos preparando uma pauta para reivindicações legítimas. Nós estamos tentando uma reunião com o governador há muito tempo e não podemos permitir que essas pessoas que se infiltraram no nosso movimento criem qualquer tipo de confusão" disse Cintra.

A assessoria do governador informou que, por ora, nenhum representante do governo falará sobre a reunião de hoje (27). Na sexta (24), os manifestantes se reuniram na altura do Posto 4, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, e seguiram em direção ao Leblon. Cerca de 4 mil pessoas participaram do ato, muitos moradores do bairro e funcionários do Judiciário e do Ministério Público.

Edição: Fábio Massalli

Creative Commons - CC BY 3.0
Fale com a Ouvidoria

Deixe seu comentário

Publicidade