Digite sua busca e aperte enter


Somente nesta segunda-feira (10), a guarda-costeira italiana socorreu mais de 1,5 mil imigrantes no Mediterrâneo

Imagem: EPA/Lusa ©

Compartilhar:

Conselho de Segurança da ONU vai discutir crise de refugiados na Europa

Criado em 03/09/15 07h15 e atualizado em 03/09/15 07h42
Por Da Agência Lusa Fonte:Agência Brasil

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) vai discutir uma resolução sobre a crise dos refugiados que atravessam o Mediterrâneo para chegar à Europa, informou nessa  quarta-feira (2) o embaixador russo Vitaly Churkin. Ele disse que uma medida sobre os refugiados poderia ser adotada este mês, durante a presidência russa do conselho.

O novo texto seria diferente do projeto anterior, que teria autorizado uma força naval europeia a atacar os traficantes de pessoas que operam nas águas territoriais líbias. Churkin disse que a nova resolução iria considerar a ação fora das águas líbias.

O embaixador russo não deu detalhes, mas outras fontes diplomáticas adiantaram que a medida discutida pelos britânicos iria autorizar a apreensão em águas internacionais de barcos operados por traficantes de refugiados.

A chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, esteve no Conselho de Segurança em maio para solicitar o apoio da ONU ao plano europeu para a crise dos refugiados, usando a força militar contra os traficantes.

O texto solicitava a aprovação da Líbia, mas, devido ao tumulto político no país, o governo líbio que a comunidade internacional reconhece não controla a faixa costeira.

Mais de 350 mil pessoas arriscaram a vida para atravessar o Mediterrâneo este ano, segundo a Organização Internacional das Migrações, um aumento acentuado em relação a 2014, quando a travessia perigosa foi feita por 219 refugiados.

Creative Commons - CC BY 3.0

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Deixe seu comentário

Publicidade