Digite sua busca e aperte enter


Saiba mais sobre o cosplay

Imagem:

Compartilhar:

Cosplays invadem o Ponto Com na semana do orgulho nerd | PComBr | Ano 03 #54

Criado em 23/05/16 18h47 e atualizado em 23/05/16 21h43
Por Rádios EBC Edição:Portal EBC

Quarta-feira (25) é Dia do Orgulho Nerd, e o Ponto Com desta semana foi dedicado a eles. Amanda Cieglinski e Morillo Carvalho conversaram com Gustavo Almeida, Renata Uchôa e Marcella Lima, do portal Way to Hero, voltado à comunidade nerd em Brasília.

O portal foi lançado recentemente, mas seus fundadores já atuam na internet há sete anos, organizando concursos e eventos nerd. A ideia é trazer conteúdo geek de qualidade, com foco principalmente no cosplay - prática de se fantasiar e interpretar personagens de cinema, quadrinhos e até da internet. O portal também está no Youtube, com vídeos e tutoriais para quem quer conhecer mais a prática. Agora, a ideia é expandir a comunidade para outras cidades além de Brasília. 

O programa ainda conversou sobre o mercado de quadrinhos no Brasil com Paulo Telles Yonami, que já ilustrou HQs da Marvel e da DC.

Conheça um pouco do universo geek nas entrevistas do podcast:

 

6'15" Gustavo Almeida, do Way to Hero, fala sobre cultura nerd

Na opinião de Almeida, o estereótipo do nerd dos anos 90, de uma pessoa estudiosa, de óculos, afundada em livros, já . "Agora é cool ser nerd. As produções cinematográficas abraçaram esse universo, o universo dos jogos também...", analisa. "Hoje todo mundo é um pouquinho nerd", completa.

8'17" Renata Uchôa e Marcella Lima explicam o universo cosplay

Renata, 29 anos, é cosplay desde 2007, quando conheceu outros adeptos em um evento em Brasília. "Cosplay é um termo usado para você que gosta de se fantasiar de personagens de desenho, séries, filmes, até memes, onde você faz a roupa - o cos -, e o play, que é a interpretação do personagem", explica. Há diversos concursos e festivais da modalidade no Brasil. "Quero fazer cosplay até quando for bem velhinha", brinca. Marcella, 24, faz cosplay desde 2006 e diz que, desde lá, a prática se popularizou bastante. "A gente não tinha uma gama de coisas que a gente tem hoje", diz. Segundo ela, os tutoriais na internet e a possibilidade de importar apetrechos ajudaram bastante na difusão.

17'50" O ilustrador Paulo Teles Yonami fala sobre carreira e mercado de quadrinhos no Brasil

Yonami é de Manaus e trabalha profissionalmente há 14 anos, já tendo ilustrado HQs da Marvel e da DC, amadas por todos os nerds fãs de quadrinhos. "Até algum tempo atrás, não existia mercado nacional; o cenário independente começou a crescer só agora", opina. 

 

Músicas do programa

2'22" Móveis Coloniais de Acaju - Cheia de Manha - Complete

13'16" Larissa Luz e Elza Soares - Território Conquistado

27'30" Maglore - Espelho de Banheiro

46'36" Russo Passapusso - Anjo - Paraíso da Miragem

 

Ouça o programa na íntegra:

 

 

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário