Digite sua busca e aperte enter


Latinoware terá Maratona de robótica

Imagem:

Compartilhar:

Confira o que de melhor aconteceu na Latinoware 2012

Criado em 19/10/12 16h41 e atualizado em 07/07/16 16h46
Por Edgard Matsuki Fonte:EBC

Jon "Maddog" (diretor executivo do Linux) interage com o público da Latinoware 2012
Jon "Maddog" (diretor executivo do Linux) interage com o público da Latinoware 2012 (Edgard Matsuki)

Durante os três dias da Conferência Latino-Americana de Software Livre, os mais de 4 mil participantes do evento assistiram a palestras relacionadas aos temas segurança na internet e sistemas, robótica, legislação da internet e, claro, software livre.

No primeiro dia de evento, um dos destaques foi a presença de Jon “Maddog” (Diretor executivo do Linux) no pátio da Latinoware. Paciente, ele tirou fotos com fãs e mostrou a tatuagem com o pinguim Linux.

Por sinal, os produtos que remetem a software livre fizeram sucesso na Latinoware. A fila nos estandes era imensa para quem queria levar um adesivo, caneca, camiseta ou uma miniatura do Pinguim.

Confira um álbum de fotos com os produtos da Latinoware

 

Durante a programação do dia 17, os principais destaques ficaram com a fala com sugestões de como os pais podem manter seus filhos seguros no Facebook. Durante a palestra, Gracielle Torres (fundadora de um portal sobre o tema) deu dicas de como manter a segurança dos filhos na internet.

Outro assunto que se destacou no primeiro dia de Latinoware foi o debate com o especialista em segurança virtual Alberto Azevedo sobre leis que regulam direitos autorais na internet. Para ele, a PIPA é inevitável no Brasil. A única saída seria a rápida aprovação do Marco Civil.

O computador Raspberry PI, que cabe no bolso e custa 25 dólares, foi outro destaque do primeiro dia de Latinoware. A apresentação de Claudimir Zavalik foi uma das que mais lotou o auditório do local. Todos queriam saber por que o computador é tão barato.

Já no segundo dia, outra peça de hardware também chamou atenção na Latinoware. Desiree dos Santos explicou como funciona o Arduino. Com essa placa, é possível realizar diversas funções de automação desde uma tarefa mais básica como, por exemplo, ligar e desligar uma lâmpada por meio de um computador.

Outra palestra que chamou atenção na Latinoware foi a que falava de games para Linux. De acordo com Julian Fernandes, 2013 será o ano dos games no sistema operacional. 

Cultura ligada à tecnologia também foi retratada na palestra que mostra a produção de Um Olhar Constestado, documentário feito com software Livre e apresentado por Fabianne Bolvedi.

Ônibus Hacker - 2
Ônibus Hacker "invadiu" Latinoware (Edgard Matsuki)

Atrações não ficaram só nas palestras

No estande de eventos, algumas iniciativas chamaram atenção no Latinoware. Entre elas, o trabalho da artista Lucinéia Alves, que transforma lixo eletrônico em arte e do projeto que transforma caça-níqueis em artefatos eletrônicos como videogames.

O Ônibus Hacker foi uma atração à parte no Latinoware. A oficina que mistura dados abertos, massinha de modelar e fotografia foi uma das atrações do grupo. 

As mulheres também chamaram atenção na Latinoware. O público feminino representou um quarto do total dos participantes e surpreendeu a organização do evento. Ao todo foram 952 mulheres de um público de 4234 pessoas.

Confira o balanço final da Latinoware 2012 feito por Duda Nogueira, diretor de programação do evento.

 

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Deixe seu comentário